Tutorial – Como clonar um HD

Tutorial de como clonar um HD

Amigos, comecei a fazer esse tutorial para ajudar o meu pai, que quer transferir o sistema de um HD antigo a um novo sem ter que instalar tudo novamente, um procedimento relativamente simples, mas como imagino que muita gente não tenha certeza de como realizá-lo, resolvi publicar aqui como referência.

A ideia é, basicamente, transferir o sistema já instalado de um HD a outro, de forma transparente ao sistema em si (o Windows não irá “perceber” que mudou de casa).

Para isso uma das formas mais simples é utilizando o Easeus Partition Master, um excelente gerenciador de partições gratuito e que consegue clonar discos facilmente e sem erros.

Para simplificar a captura das telas, eu fiz toda a operação dentro de uma máquina virtual rodando Windows XP, mas independente do sistema utilizado (XP, Vista ou Seven) o procedimento é o mesmo. Não tenho experiência com Linux ou MacOS, então não posso garantir que seja aplicável, mas teoricamente a cópia independe do conteúdo (no casos desses outros sistemas, como o programa roda em Windows, será necessário colocar os 3 discos na mesma máquina… o sistema hospedeiro, o disco de origem e o disco de destino…).

Bom, feitos os alertas iniciais, creio que já podemos começar.

Instale o HD de destino na máquina, inicie o sistema e instale o Easeus Partition Master, que pode ser encontrado em http://www.easeus.com/download.htm

Uma vez instalado, abra o programa e você verá a seguinte tela:

011

 

Se o “Disk 2” não estiver presente, embora já esteja fisicamente instalado, será necessário “inicializá-lo”. Para isso, abra o gerenciador de discos; o caminho mais fácil é abrir a janela “executar” (segurando a tecla Windows e apertando a tecla R) e digitar DISKMGMT.MSC (pode ser em minúsculas).

01a

Logo que o Gerenciador de discos for aberto deve saltar esse assistente para inicializar discos, clique em avançar, quando perguntado por qual disco deve ser inicializado, um “disco 0” já deve estar selecionado; clique em avançar de novo. Se perguntado se deseja converter um disco em “disco dinâmico”, não marque nenhum disco, apenas clique em avançar e depois em concluir.

Não é necessário criar nenhuma partição agora, pois o Easeus teria que apagá-la daqui a pouco.

02

Feito isso, voltando ao Easeus, agora ambos discos devem estar presentes. Então clique na barra título do primeiro disco (onde diz Disk 1) com o botão direito e escolha Copy, assim iremos copiar o disco todo, e não apenas uma de suas partições, o que incluem as informações de inicialização (importante já que estamos copiando um sistema operacional inteiro e não apenas os seus arquivos).

03

O programa então irá rodar o checkdisk para verificar se a unidade está funcionando normalmente ou se há alguma referência inválida na estrutura de arquivos, quando terminar, clique em next.

04

Finalmente é hora de escolher o disco de destino, que provavelmente será o Disk 2 (a menos que haja outros HDs na máquina). O HD de destino pode ser menor que o de origem, desde que o espaço utilizado no HD de origem seja igual ou menor ao espaço total do HD de destino.

Por exemplo, você pode clonar um HD de 1TB para um SSD de 64GB, desde que o espaço utilizado no HD de 1TB seja inferior a 64GB.

Lembrando que como estamos clonando um HD inteiro, devemos levar em conta o espaço utilizado em todas as partições do disco. Se você tem mais partições no HD de origem e o espaço utilizado por todas elas supera o espaço disponível no disco de destino, é possível clonar apenas uma partição do disco de origem, porém o procedimento é mais complexo, pois clonando apenas uma partição o sistema operacional pode não conseguir iniciar, então será necessário apelar para o disco de instalação do Windows e mandar “reparar” a inicialização, o que nem sempre funciona…

05

05a

Enfim, depois de selecionar o disco de destino e clicar em Next. Você poderá redimensionar as partições no disco de destino. Se as partições não estiverem alocadas para ocupar todo o disco, redimensione-as puxando suas laterais até que não haja nenhum espaço não alocado, ou até que tenham o tamanho que você desejar. Feito isso, clique em next.

06

As instruções do Easeus são para retirar o disco de origem do sistema depois que a cópia for concluída e se o sistema não iniciar, ligar o HD de destino na porta antes ocupada pelo HD de origem. Se mesmo assim não funcionar e agora nem o sistema do HD de origem iniciar mais, experimente retirar o disco de destino.

Veremos mais sobre isso adiante. Por enquanto clique em Finish.

07

Voltamos à tela inicial do Easeus, já mostrando como ficarão os discos quando o processo for concluído. Você pode redimensionar as partições novamente, se desejar, ou mesmo apagar as que não quiser mais e criar outras. Quando tudo estiver como desejado, clique em Apply. O Easeus avisará que será necessário reiniciar o PC para aplicar as alterações, confirme.

08

Durante a reinicialização do sistema, surgirá esse aviso de que o Easeus começará sua operação. NÃO TOQUE NENHUMA TECLA, APENAS ESPERE.

091

Ele então começará a cópia dos dados. Isso pode demorar desde alguns minutos até várias horas, dependendo da quantidade de informações a serem copiadas e da velocidade dos discos. Não será necessária nenhuma intervenção durante o processo, então basta esperar.

10

Quando a cópia terminar, o sistema será reiniciado.

11

Durante a inicialização surgirá um último aviso dizendo que o processo foi concluído e finalmente o sistema entrará no Windows novamente, ainda inicializando pelo disco de origem. Agora você pode desligar o sistema normalmente e remover o disco de origem.

Deixe apenas o disco de destino na máquina, ligue e pronto! O sistema deve iniciar normalmente já pelo disco novo.

Se isso não acontecer, o Windows apresentar algum erro ou uma tela azul durante a inicialização. Será necessário apelar para o CD de Instalação do Windows e escolher a opção “Reparar”. O procedimento deve ser automático, o programa de instalação deve verificar o sistema já instalado e alertar que há erros e que eles serão corrigidos automaticamente.

repair

Em último caso, se ele não conseguir reparar a inicialização, pelo menos os dados no HD de origem estão a salvo, basta colocá-lo de volta na máquina e o sistema deve iniciar normalmente. Se isso não acontecer, remova o HD de destino da máquina, ou revise sua ordem de inicialização no setup da placa mãe, para se certificar de que o primeiro seja o HD de origem.